O Guia para Saber Mais Sobre a Liga Portuguesa de Basquetebol

A perceção das massas em relação ao basquetebol está profundamente enraizada na história da NBA, a maior liga da modalidade nos Estados Unidos e no Mundo.

Foi na América do Norte que o basquetebol federado nasceu. E continua a ser lá que o desporto atrai mais adeptos, atletas, dinheiro e cobertura da comunicação social. Mas na Europa, também há várias ligas muito influentes.

Entre a América e a Europa, existem diferenças na prática da modalidade de basquetebol. Elas verificam-se não só ao nível das regras e das normas, mas também ao nível dos estilos de jogo.

Na generalidade dos casos, o basquetebol americano é muito mais físico e individualista. No fundo, muito mais virado para o espetáculo. Até por que é o fator entretenimento que faz movimentar mais fãs e mais dinheiro.

Já na Europa, a prática do desporto é bem mais técnica, pensada, complexa e coletivista. Uma boa maneira de resumir o basquetebol europeu é a seguinte: a capacidade física é extremamente importante, mas é a capacidade estratégica que faz vencer os jogos.

Dentro da esfera da modalidade na Europa, falemos especificamente do panorama português. Infelizmente, em Portugal, o basquetebol tem vindo a perder entusiastas e praticantes.

O desporto chegou a ser o segundo mais expressivo no país, atrás, é claro, do indestronável futebol. Acabou, no entanto, por ceder grande parte da sua influência ao andebol e ao voleibol.

Mas isso não é razão para desanimar. Nos últimos anos, a aposta no basquetebol português tem passado por um reflorescimento.

E um dos objetivos principais é que mais audiências possam voltar a assistir aos confrontos em casa, quer através do canal online criado pela Federação Portuguesa de Basquetebol, quer por meio das transmissões na RTP2. Ambas as soluções foram recentemente implementadas.

O escalão máximo em Portugal é a Liga Portuguesa de Basquetebol. Os grandes clubes incluem o UD Oliveirense, o FC Porto e o SL Benfica. Outros clubes com uma sólida secção basquetebolística incluem os históricos Ovarense e Vitória SC.

Para completar a lista das equipas que têm dado cartas no basquetebol português ao longo dos anos temos, por ordem alfabética, o CAB Madeira, o Esgueira, o Galitos, o Illiabum, o Imortal, o SC Lusitânia e o Terceira Basket.

É interessante verificar a forte cultura de basquetebol vivida no distrito de Aveiro. Dos 12 clubes mencionados, cinco são da região: o UD Oliveirense, de Oliveira de Azeméis; o Ovarense, de Ovar; o Esgueira, da freguesia com o mesmo nome; o Illiabum, de Ílhavo; e o Galitos, de Aveiro.

Abra a sua mentalidade desportiva. Através da televisão ou da assistência aos jogos do seu plantel local, contribua para a merecida evolução do basquetebol em terras lusas.